Olá! Neste post busco polemizar sobre o que motiva a realização do trabalho voluntário. Altruísmo? Egoísmo? Além da polêmica tento encontrar, ou melhor, formular uma resposta.

Primeiramente vamos aos significados!

No dicionário escolar da Língua Portuguesa Michaelis encontramos:

Altruísmo: “Amor ao próximo, abnegação” seu antônimo é o Egoísmo (“Amor exclusivo a si mesmo e a seus interesses, sem considerar o interesse dos outros).

Motivação “Conjunto de fatores psicológicos (conscientes ou inconscientes) de ordem fisiológica, intelectual ou afetiva, que agem entre si e determinam a conduta de um indivíduo.”

Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas ), “Voluntário é toda pessoa que, devido ao seu interesse pessoal dedica parte do seu tempo, sem remuneração alguma, a diversas formas de atividades, organizadas ou não, de bem estar social ou em outros campos”.

Falando do que interessa… O campo subjetivo é gerador de discussão justamente pela diversidade, por isso não levem as minhas opiniões como algo negativo, ok?

Na internet achei alguns trabalhos científicos muito bons:

Pobres no Ter, Ricos no Ser: Trabalho Voluntário e Motivação na Pastoral da CriançaMotivação e satisfação do voluntariado na ViaCiclo. Estes trabalhos constatam a dificuldade de encontrar material sobre motivação em trabalhos voluntários, pois o material que existe é sobre motivação no trabalho e essencialmente esses se diferem.

No trabalho sobre a Pastoral da Criança do município de Natal (RN), vemos: a importância do terceiro setor, uma classificação das organizações que atuam no campo social e  uma pesquisa identificando o perfil do voluntariado. Alguns números chamam a atenção como: 78,7% dos voluntários são do sexo feminino e 89,3% tem idade entre 16 e 47 anos. Ressalto também o depoimento de um dos pesquisados “É mais gratificante do que a minha profissão […] é no trabalho da Pastoral que eu me realizo. Na minha profissão eu me sinto impotente para mudar as coisas em que eu não acredito […] não concordo com o modo como as coisas são conduzidas lá. Na Pastoral da Criança eu tenho essa liberdade, eu posso trabalhar de acordo com o que eu acredito […] eu encontro a minha compensação”.

No trabalho sobre a ViaCiclo, o autor reforça a diferença entre motivação no trabalho convencional (remunerado) e o trabalho voluntário, explica o Ciclo Motivacional de Chiavenato  (além de outras teorias relacionadas a motivação), um histórico sobre o trabalho voluntário e nos depoimentos podemos observar claramente a importancia de se assumir desde o inicio alguma responsabilidade dentro da organização.

Não podemos deixar de citar a Pirâmide de Maslow que estabelece uma hierarquia das necessidades que buscamos satisfazer.

Hierarquia das Necessidades de Maslow

Outros pontos em comum: as pessoas que realizam trabalho voluntário têm um desejo profundo de ser um agente de transformação do ambiente ao seu redor, buscam a autorrealização através do trabalho voluntário e principalmente o crescimento pessoal.

Para mim o altruísmo não existe! Pensei muito sobre o que leva o individuo a realizar uma tarefa sem entender que será beneficiado com ela. E simplesmente constatei que isso não é possível.

Como assim?

Para realizar qualquer atividade é preciso entender que se ganhará algo, não importando o que seja. Exemplo: aprovação, aprendizado, satisfação, crescimento, relacionamento, sentimento, etc.

Consequentemente praticamos o chamado “altruísmo” de se dedicar ao trabalho voluntário por sermos egoístas.  Não adianta procurar uma explicação, inevitavelmente cairá sobre algum desejo (mesmo que oculto).

Pare e pense!

Ao nos tornarmos conscientes da necessidade de ganho podemos exercitar nossa habilidade de observação e tentar entender o que motiva cada uma das pessoas ao nosso redor. E é essa a parte mais difícil, pois o individuo é mutável.

O que motivou o início da sua participação, tem grandes chances de não ser a mesma coisa que o manterá participando.

Bem… e quanto a mim? O que me motivou? A aprovação, confesso! Mas o que eu aprendi é o que realmente importa! Veja o vídeo abaixo e motive-se a realizar algum trabalho voluntário.

Anúncios